segunda-feira, 22 de setembro de 2014

PASTORAL: SURDOS QUE OUVEM A VOZ DE DEUS


(Parte da equipe que trabalhou no Culto Comemorativo do Dia Nacional do Surdo realizado na Primeira Igreja Batista em São Vicente - SP no dia 20 de Setembro de 2014. Ao centro o orador da noite Pr. Eduardo - surdo)

SURDOS QUE OUVEM A VOZ DE DEUS

“Então se abrirão os olhos dos cegos e se destaparão os ouvidos dos surdos. Então os coxos saltarão como o cervo, e a língua do mudo cantará de alegria.”
 (Isaías 35.5-6)

Esta profecia refere-se ao Reino do Messias prometido e tão esperado pelo povo de Deus encarnado e revelado em Jesus Cristo nosso Senhor.

É tão maravilhoso vermos o cumprimento destas profecias nas narrativas dos quatro evangelhos e constatar o cumprimento delas nos dias do ministério terreno de Jesus.

Porém, tão maravilhoso quanto e tão miraculoso também tem sido vermos o mesmo acontecer em nossos dias e bem no meio da nossa Igreja.

A quatro anos e meio a nossa Igreja tem experimentado a bênção de termos um ministério que tem levado o amor de Deus e a sua palavra de forma acessível aos surdos.

O Ministério MÃOS QUE LOUVAM tem proporcionado a muitos surdos o cumprimento da palavra que lemos acima, surdos tem ouvido a voz de Deus, o Espírito Santo de Deus tem falado claramente aos seus ouvidos e a cada dia vemos mais surdos ouvindo a voz do Senhor e lhe entregando suas vidas em suas mãos.

Em comemoração ao Dia Nacional do Surdo – 26 de Setembro queremos aqui fazer a nossa homenagem a todos os surdos da nossa Igreja. Que Deus abençoe a vida e a família de cada um de vocês e que o Espírito Santo de Deus fale claramente e nitidamente a cada um de vocês o quanto vocês são preciosos para nós e para Deus.

Ouça Deus falando com você agora mesmo o quanto você é amado por Ele. A Primeira Igreja Batista em São Vicente sente-se honrada e feliz pela presença de vocês entre nós. Nos orgulhamos de cada um de vocês e de todos os ouvintes que tão amorosamente e voluntariamente têm obedecido ao chamado do Senhor para servirem aos surdos como intérpretes de LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais). 

A mensagem de salvação e libertação precisa continuamente estar disponível em todos os lugares, de todas as maneiras, em todo tempo para alcançar todas as pessoas. 

Que o Ministério Mãos Que Louvam cresça entre nós a cada dia. Que mais e mais surdos sejam alcançados pelo poder das boas novas de salvação, que o verdadeiro e puro evangelho que liberta, cura e transforma seja levado ao todo homem e ao homem todo.
(Pr. Dener, Pr. Eduardo e Osmar Cruz)
(Jesus ama você!)

Amém!
Pr. Dener Maia

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

ELEITORADO EVANGÉLICO CRESCE E PODE DECIDIR AS ELEIÇÕES



Marina Silva: candidata do PSB é a principal destinatária dos votos dos evangélicos

Segundo analistas, o grande poder de comunicação das lideranças evangélicas mobiliza este segmento

O eleitorado evangélico é crescente no país e como representa um dos segmentos mais coesos da sociedade, tem o potencial de decidir a eleição presidencial deste ano.

Essa é a avaliação de analistas que ponderam também que os valores religiosos não são as principais preocupações dos eleitores.

Para eles, posições contrárias à homossexualidade ou ao aborto não subtraem ou somam votos de uma candidatura, mas ganham destaque na disputa, como o episódio da revisão do capítulo sobre direitos para homossexuais do programa de governo de Marina Silva (PSB), que é evangélica.

O grande poder de comunicação das lideranças evangélicas mobiliza este segmento, assim como um sentimento de solidariedade com candidatos que sigam a mesma orientação religiosa.

(Socióloga Fátima Pacheco Jordão)
"Esse segmento da população tem uma orientação de solidariedade com outros evangélicos, quer por referência moral, quer por disciplina de organização", disse a socióloga e especialista em análise de pesquisas de opinião Fátima Pacheco Jordão.

Ela lembrou que as várias vertentes evangélicas existentes no país possuem meios de comunicação de massa, como emissoras próprias e espaços alugados em canais de TV.

"Eles estão se tornando players, agentes importantes no cenário político. Já são, aliás. E do jeito que a coisa anda, é possível que nós tenhamos pela primeira vez uma presidente evangélica."

Marina, que é membro da Assembleia de Deus, é a principal destinatária dos votos dos evangélicos. Segundo a última pesquisa do Datafolha, ela cresceu 17 pontos entre os evangélicos pentecostais e outros 17 pontos entre os não-pentecostais.

De acordo com o levantamento, entre os pentecostais, grupo no qual a igreja frequentada pela ex-senadora está, Marina tem 41 por cento das intenções de voto, contra 30 por cento da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, e 11 por cento do tucano Aécio Neves.

Entre os não-pentecostais, a candidata do PSB lidera com 44 por cento, contra 29 por cento da petista e 13 por cento do tucano.

Marina também teve bom crescimento entre os católicos, que representam a maioria da população, 11 pontos, mas segue atrás de Dilma neste segmento.

No total do eleitorado, o Datafolha apontou empate em 34 por cento entre as duas principais candidatas. Aécio tem 15 por cento.

Segundo dados do Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os evangélicos representam 22,2 por cento da população. Atualmente, estimativas de analistas colocam esse percentual em até 30 por cento do eleitorado.

(Cientista político Rubens Figueiredo)
"As pesquisas mostram que Marina Silva tem um desempenho no eleitorado evangélico muito melhor do que o que ela tem entre o eleitorado católico. Se o eleitorado brasileiro fosse só de evangélicos, ela ganharia com mais facilidade", disse o cientista político Rubens Figueiredo, diretor-executivo da Associação Brasileira de Consultores Políticos (ABCOP).

Para Jordão, entretanto, o apoio evangélico não é o principal fator que explica a ascensão de Marina, que se tornou a principal estrela do cenário eleitoral ao assumir a cabeça de chapa do PSB após a morte de Eduardo Campos, em agosto.

"A Marina é muito maior do que o poder de persuasão das igrejas. Ela representa uma coisa maior do que isso", avaliou a socióloga. "Ela não será nem beneficiada nem punida pelas posições de ordem religiosa. Ela será atacada por isso."


Princípios Negociáveis

Nas últimas eleições, vários candidatos têm buscado o apoio de lideranças evangélicas. Na campanha deste ano, por exemplo, Marina levou Campos a um encontro com pastores quando o ex-governador era o candidato do PSB.

Aécio também realizou encontros com evangélicos e Dilma foi a um encontro de mulheres evangélicas e fez um discurso no qual citou trechos da Bíblia.

Em 2010, a questão do aborto ganhou destaque na eleição presidencial, ainda que, como afirma Jordão, o tema tenha sido usado mais como ferramenta política do que pensando no interesse do eleitorado.

No pleito deste ano, além de Marina, o presidenciável pastor Everaldo (PSC) também é evangélico da Assembleia de Deus. A Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB), no entanto, ainda não definiu qual dos dois candidatos vai apoiar para presidente.

(Pastor Lélis Marinho)
"A probabilidade de apoiar qualquer um dos dois é maior que a de apoiar qualquer outro candidato", disse à Reuters o pastor Lélis Marinho, presidente do Conselho Político da CGADB.

Segundo ele, o apoio ao candidato do PSC estava praticamente acertado, mas a entrada de Marina na disputa mudou o panorama e, agora, não está descartado um apoio a ela já no primeiro turno. Uma decisão deve ser tomada ainda nesta semana, disse Marinho.

No sábado passado, menos de 24 horas depois de lançar o programa de governo, a campanha de Marina divulgou uma errata alterando trechos sobre as políticas para a comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais).

A mudança, que segundo a candidata se deu para corrigir uma falha de editoração, eliminou os compromissos com o apoio a uma lei que criminaliza a homofobia e com mudanças na legislação para aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, entre outros pontos. Marinho classificou a mudança no programa marineiro como uma "abertura altamente positiva".

"Nós queremos ter liberdade de falar aquilo que nós entendemos e que, inclusive, está na Bíblia Sagrada. Ela condena a prática (homossexual)", disse o pastor.

"Não abrimos mão daquilo que nós consideramos princípios... Agora, nós respeitamos a todos. Não é porque eu defendo um princípio que eu acho que todo mundo é obrigado a defender esse princípio. Mas eu não quero ser incomodado naquilo que eu defendo."

Não por acaso, Marinho, do Conselho Político da CGADB, disse que o fato de Marina e pastor Everaldo serem evangélicos "já os credenciam" para receber apoio dos fiéis.


Fonte: Exame

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

12º DIA - "TRABALHO COM DIGNIDADE" - CAMPANHA 100 DIAS DE ORAÇÃO - 2012



12º DIA
TRABALHO COM DIGNIDADE 

Leitura Bíblica: Romanos12
   
“Todos nós devemos comer e beber e aproveitar bem aquilo que ganhamos com o nosso trabalho. Isso é um presente de Deus.” 
(Eclesiastes 3.13).

   O desemprego tem assolado todos os países deste mundo, conhecido como pós-moderno. O desemprego tem se tornado cada dia mais crescente diante da crise financeira internacional por que passam não somente os países pobres ou em desenvolvimento, mas também aqueles que nunca imaginavam que enfrentariam tal situação por serem considerados países desenvolvidos e ricos.

  São comuns nos noticiários internacionais matérias que destacam manifestações de pessoas de todas as idades que sofrem com o desemprego em várias partes do mundo. Esse triste quadro revela que o mundo em que vivemos está “doente” e necessita ser curado pelo Senhor. O próprio Deus declarou que “se o meu povo, que pertence somente a mim, se arrepender, abandonar os seus pecados e orar a mim, eu os ouvirei do céu, perdoarei os seus pecados e farei o país progredir de novo” (2 Crônicas 7.14).

   O propósito de Deus é que cada cidadão, independentemente de cultura, etnia ou nacionalidade, tenha o seu próprio trabalho, para que possa ganhar “o pão com o suor do seu rosto” (Gênesis 3.19), pois o trabalho dignifica o ser humano, enobrece o seu caráter e satisfaz seu íntimo. A Bíblia declara que “isso é um presente de Deus”. Hoje somos desafiados a colocar diante do Senhor, em oração, este pedido específico em favor de milhares de brasileiros, muitos deles, nossos irmãos em Cristo, em que se encontram desempregados, passando por sérios problemas no seu sustento pessoal e familiar, sentindo-se desprestigiados, desanimados e até sem esperança.

   Precisamos suplicar ao Senhor que sensibilize o coração dos governantes, conforme a orientação do apóstolo Paulo, que declarou: “Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessores, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda a piedade e respeito” (1Timóteo 2.1,2).


   O salmo 128 declara: “Bem aventurado aquele que teme a SENHOR e anda nos seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás e tudo te irá bem.”

Fonte: Extraído do Livro 100 Dias Que Impactarão o Brasil (Publicado pala JMN em 2012)



  Autor: Pr. Vitor Hugo Mendes de Sá
Pastor da 1ª IB do Pará, Belém (PA).


Oremos: 
1)Pelos que se encontram nessa situação; 
2) Pela abertura de oportunidade de trabalho; 
3)Por sensibilidade e atitude dos governantes a essa realidade; 
4) Por compaixão e ajuda das igrejas para os familiares; 
5) Recursos para alimentação nas Trans 2012.

11º DIA - "TESTEMUNHO CRISTÃO NA SOCIEDADE" - CAMPANHA 100 DIAS DE ORAÇÃO - 2012


11º DIA
TESTEMUNHO CRISTÃO NA SOCIEDADE

Leitura Bíblica: Romanos 11

   O último censo revelou surpreendente crescimento da igreja evangélica em nosso país. Entre 2003 e 2009 os evangélicos passaram de 17,9% para 20,2% do total dos brasileiros. Estima-se que na próxima década seremos a metade da população.

   Não sofro de numerolatria, tampouco de numerofobia, no entanto, creio que a questão mais importante para a obra missionária não é aquela que indaga pelos números – “quanto somos?”, mas aquela que pergunta pela nossa identidade – “quem somos?”.

   Não é a qualidade, mas a integridade do sal que faz toda a diferença, caso contrário, “para nada mais presta senão para se lançar fora, e for pisado pelos homens” (MT 5.13). A comunidade evangélica cresceu, mas os indicadores sociais continuam sendo desafiadores, o crack tornou-se uma epidemia, o número de divórcios aumentou, a criminalidade tornou-se cena comum nas grandes e pequenas cidades, a violência contra a criança e a mulher ocupa espaço em todos os jornais do país, as florestas e os rios agonizam.

    Os sinais de apodrecimento social estão por toda a parte e revelam a ausência daquilo que, na visão do Senhor, impediria tal processo – o testemunho de sua igreja. Faz parte da missão do sal preservar a vida e interromper todo o processo de morte.

    Igreja só é Igreja quando voltada para “os de fora”. Precisamos como Jesus nos aproximar de todo aquele que é socialmente evitado – o dependente químico, a pessoa com necessidades especiais, as crianças abandonadas – gente por quem o Senhor morreu.

   Não ter medo de afirmar “eu tenho sede” e estabelecer uma relação de proximidade com aqueles que solitários vêm buscar a água do poço, testemunhando a esta gente o amor de um Deus que pode fazer brotar rios de água viva.

  A tarefa de discipular esta nova geração de crentes é urgente, caso contrário, veremos crescer em nosso país uma grande/pequena igreja, sem raízes, ao mesmo tempo extensa e rasa.

  Jerusalém ou Gerizim? A resposta de Jesus aponta para a necessidade de adorar ao Senhor em espírito e verdade. Cristo substitui o onde adorar, pelo como adorar, a forma pelo conteúdo.

   Diante dos campos brancos para ceifa, nossa oração precisa ser a mesma de Jesus, o envio de trabalhadores para a seara, uma igreja disposta a impactar o mundo com uma vida de santidade. “Vós sois o sal da terra” (MT 5.13).


Fonte: Extraído do Livro 100 Dias Que Impactarão o Brasil (Publicado pala JMN em 2012)

Autor: Pr. Roberto Amorim de Menezes
Pastor da IB Farol – Maceió (AL)

Oremos:

1) Que peçamos mais trabalhadores para a seara; 
2) Que cada crente assuma o dever de evangelizar e discipular cada pessoa na sociedade; 
3) Pelos empresários e profissionais liberais crentes; 
4) Pelos políticos e servidores públicos crentes; 
5) Pelas bases e equipes da Trans Goiás.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

10º DIA - "COLHEITA NO MÊS DE JULHO - TRANS 2012" - CAMPANHA 100 DIAS DE ORAÇÃO - 2012



10º DIA
COLHEITA NO MÊS DE JULHO - TRANS 2012

Leitura Bíblica: Romanos10

“Livra os que estão sendo levados para a morte e salva os que cambaleiam indo para a matança.” PV 24.11.

   Neste país gigantesco e maravilhoso que é o Brasil a corrupção cresce, os vícios reduzem a expectativa de vida do nosso povo, a violência alcança índices alarmantes, a jogatina assume caráter oficial, a agressão do mal seduz filhos e divide famílias, as drogas destroem nossa adolescência e juventude (20% usam drogas – OMS), o senso de moralidade, caráter e compreensão dos direitos e deveres está desaparecendo! E nesta hora soa o apelo do céu: “Livra os que estão sendo levados para a morte...”.

   A essência de uma caminhada com Jesus Cristo é que Ele produza seu caráter em nós, e que isso transborde até outras pessoas. Se você é um crente, você tem um ministério, e esse ministério é alcançar o mundo que o cerca para Jesus. Deus quer que você expresse esse ministério onde quer que esteja. Ele quer amar o mundo por seu intermédio e atraí-lo para Ele. Se você permitir que as barreiras o impeçam de fazer isso, pouca coisa que você realize na vida importará, pois se propósito principal deixará de se realizar. Sua vida ficará desesperadamente vazia.

   Em julho de 2012 teremos a Operação Jesus Transforma (Trans) em todo o Brasil. Haverá deslocamentos de voluntários de um estado para o outro e muitos ficarão em suas próprias cidades, atuando nos desafios da sua igreja. As oportunidades serão extremamente grandes e desafiadoras e os resultados serão grandes na vida de todos os envolvidos: salvação dos perdidos; capacitação dos crentes para a evangelização; aumento do ardor missionário em termos de oração, sustento e dedicação de vidas; vocações missionárias, confirmação de vocações; encorajamento dos que irão receber as equipes; e oportunidades para o estabelecimento de parcerias missionárias.

  Você e sua igreja não podem ficar de fora desse desafio de evangelizar 2,5 milhões de brasileiros! Que o nosso Deus impacte o seu coração e use a sua vida para incendiar a sua igreja. Isso promoverá um avivamento sem precedentes e resultará na salvação de milhões de brasileiros. Ore, mobilize e participe desse grande mover de Deus em nosso país.  O Brasil precisa saber que “Jesus Transforma” e cada brasileiro, recebê-lo como Salvador e Senhor da vida!

Fonte: Extraído do Livro 100 Dias Que Impactarão o Brasil (Publicado pala JMN em 2012)

Autor:Nilton Antonio de Souza
Pastor, gerente executivo de Evangelismo e Discipulado da JMN.



Oremos:
1)Pela coordenação da TRANS em todos os níveis; 
2) Pela mobilização de todas as igrejas: pastores e membros; 
3)Pela produção e distribuição do material de treinamento e evangelização; 
4) Pelas equipes da Trans e seus líderes; 
5) Pelos 100 mil voluntários e a evangelização de 2.500.000 pessoas.

domingo, 14 de setembro de 2014

9º DIA - "LISURA E TRANSPARÊNCIA NOS CONTRATOS DO SETOR PÚBLICO" - CAMPANHA 100 DIAS DE ORAÇÃO - 2012



9º DIA
LISURA E TRANSPARÊNCIA NOS CONTRATOS DO SETOR PÚBLICO

Leitura Bíblica: Romanos 9

     A Constituição da República, que é a “Lei das leis”, ou seja, a regra mais importante do país, diz, no art. 37, XXI que, ressalvadas raras exceções, as obras, serviços, compras e alienações serão contratados mediante processo de licitação pública que assegure igualdade de condições a todos os concorrentes. Isso quer dizer que todos “licitação”, faz com que o governo possa escolher as melhores propostas.

    Infelizmente, na prática isso não vem acontecendo! Muitas das licitações são fraudadas, os “amigos do rei” são protegidos e há todo tipo de burla a esse sistema. Empresas se reúnem para acertar preços abusivos antes, pessoas ligadas a partidos ou governantes conseguem ser escolhidas de forma ilegal, etc. O resultado é que os contratos são muito mais caros do que deviam e não é raro que nem sequer sejam executados. Já houve tempo em que se falava de “comissões”, ou seja, propinas de 10% do valor do contrato. Hoje em dia há notícias de até 50% de propinas. Claro que quem paga isso é o povo. Os contratos são mais caros para poder se desviar do dinheiro da corrupção ou então não são cumpridos, com a conivência das mesmas autoridades que não cuidaram para que a licitação fosse honesta.

   Pior ainda, é que várias vezes temos denúncias de corrupção e fraude em licitações nas quais participam desse tipo de negociatas, por mais que muitos digam que é algo normal ou aceitável. Não é. Precisamos mudar isso.

   A Bíblia é muito clara sobre Deus condenar estas e que sobre elas trará juízo:
    Provérbios 16.8 – “Melhor é o pouco, havendo justiça, do que grandes rendimentos com injustiça”.

   Provérbios 22.8 – “O que semeia a injustiça segará males”

   Eclesiastes 5.8 – “Não fique admirado quando você notar em algum lugar o governo fazendo injustiça, perseguindo os pobres e negando o direito deles”.

    Jeremias 22.13 – “Ai daquele que edifica a sua casa com injustiça e os seus aposentos, sem direito!”.

   2 Timóteo 2.19 – “(...) qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade”.

Fonte: Extraído do Livro 100 Dias Que Impactarão o Brasil (Publicado pala JMN em 2012)

Autor: William Douglas
Juiz federal, Especialista em Políticas Publicas e Governo, escritor e professor, 
Mestre em Direito e membro da IB Central em Niterói (RJ).





Oremos:
1) Lisura e Transparência Nos Contratos do Setor Público; 
2) Que os crentes sejam bons exemplos de cumpridores das Leis; 
3) Pelas autoridades fiscais e alfandegárias do Brasil; 
4)Que os crentes sejam agentes de mudanças na sociedade; 
5) Que 2.500.000 pessoas sejam alcançadas para Jesus nas TRANS de 2012.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

8º DIA - "DEPENDÊNCIA QUÍMICA, UM DESAFIO" - CAMPANHA 100 DIAS DE ORAÇÃO - 2012




8º Dia
DEPENDÊNCIA QUÍMICA, UM DESAFIO

Leitura Bíblica: Romanos 8

“...os sãos não precisam de médico, e sim o doentes.” Mateus 9.12

Cremos que Deus tem um plano de salvação para todos os homens, independentemente de seus vícios, desejos, mazelas e pecados. Nossa geração vive diante de um grande desafio: Trata-se da dependência química.

A questão do consumo de drogas lícitas e ilícitas tem sido discussão recorrente nas instâncias governamentais, não só e m nossa nação mas em todos os países do mundo. Como num efeito dominó o consumo de drogas acarreta muitas outras dificuldades, tais como violência, pobreza, destruição e finalmente a morte. Hoje falamos de consumo de drogas como uma epidemia, que de fato é. Numa sociedade adoecida e enfraquecida pelo pecado, a droga é um vírus oportunista.

Estamos envolvidos numa grande e desafiadora obra, que é levar o amor de cristo a esta geração cuja via de fuga tem sido a dependência química. Atuando neste ministério, temos visto diariamente as consequências desastrosas desta fuga. Enquanto você passa os olhos por estas palavras há homens, mulheres, jovens, adolescentes e, pasme, até idosos, sendo levados a uma rota cujo fim é o abismo. Embora existam muitas tentativas de possíveis caminhos para resolver esta questão, nós temos em mãos, como povo de Deus, a solução real para este problema. Não desprezando o conhecimento humano, pois este tem o seu lugar, mas há Um que realmente salva e transforma as vidas: JESUS.

Diante da grande demanda, fazemos pouco, muito pouco. Temos muito mais a fazer “antes que a noite chegue”. 

Este ministério exige de nós um comprometimento profundo! Deus mandará chuva no momento oportuno, mas nós somo responsáveis por arar a terra e “lançar a semente”, mas é fundamental regar (discipular), tirar os carrapichos, cuidar de perto. Aqui o evangelho é realmente a “Boa-Nova”, maneira de viver, o exemplo de Jesus. Ele falava e fazia. Nós também falamos, mas precisamos fazer, estender a mão e cuidar. Em Lucas 10. 34 e 35, estão apenas dois versículos apresentando a hospedaria (CT), mas será o lugar onde o espancado vai passar por muitos versículos discipuladores, com a unção do Espírito Santo.

Temos esperança que você se comprometa com Deus neste tempo, de orar fielmente por este ministério e investir nele. Deus o abençoe!

Fonte: Extraído do Livro 100 Dias Que Impactarão o Brasil (Publicado pala JMN em 2012)

Autor: Fernando Ribeiro de Arêde Júnior – 
Pastor, missionário da JMN, diretor do Projeto Reviver – Muriaé (MG)


Oremos: 
1) Pela libertação das drogas por meio do evangelho; 
2) Pelo despertamento das igrejas para trabalharem nessa realidade; 
3) Para que o tráfico de drogas chegue ao fim em nosso País; 
4) Pelas Comunidades Terapêuticas da Junta de Missões Nacionais; 
5) Pelos líderes das equipes das Trans 2012.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...